27 de janeiro de 2016 Juntos abordo

DIÁRIO DE VIAGEM

Quem viaja sozinho ou tem um grande projeto de viagem sabe a importância de um diário! Se estiver só, o diário será como um companheiro de viagem e uma forma de marcar ainda mais a experiência. Se a viagem é um grande sonho ou um projeto de “vida” será importante documentar suas impressões e aprendizados. Sem falar na ajuda que dá pra quem não tem boa memória.

diario1

Os relatos de viagem de tão apreciados são considerados um gênero textual, misto de narrativa jornalística e literária. São muitos os diário de viagem que viraram livros e que acalçaram grande vendagem. Os livros do brasileiro Amir Klink são um exemplo.

Para fazer um bom diário de viagem comece ainda no planejamento. Anote os lugares que você gostaria de conhecer e um itinerário possível.

diario3

Quando a viagem começar descreva os acontecimentos com data e coloque suas impressões pessoais. O estilo pode ser mais leve ou mais formal, você escolhe, mas não deixe de colocar seu toque pessoal e não precisa se preocupar em usar muito adjetivos, afinal é um texto subjetivo.

Se poder, ilustre o diário com fotos, postais e mapas. Quem é profissional do assunto guarda “tudo” entre as páginas do caderno: menus de restaurantes, guardanapos de papel, cartões de hotéis, entradas de museus ou espetáculos, embalagens de produtos locais.

diario2

Aqui no Juntos a Bordo nós sempre damos espaço para diários virtuais. Sim, pois apesar de estarmos falando de diários fisicos, os blogs de viagem além de terem a mesma função de documentar o percurso (com a facilidade das fotos digitais), são também um bom referencial para quem planeja uma viagem para o mesmo destino.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

#viajedeonibus

O Juntos a Bordo é um projeto da Abrati – Associação Brasileira das Empresas de Transporte Terrestre de Passageiros